//
you're reading...
Uncategorized

CONCEITO DE ECONOMIA DE MERCADO

A expressão Economia de Mercado designa um tipo de sistema econômico que as principais decisões quanto, o que, como, e para quem devem ser produzidos os bens são tomadas pelo próprio mercado. Opõe-se, portanto às designadas Economias de Direção Central em que essas decisões são tomadas pelo Estado. Pelo contrario numa economia de mercado o papel do Estado na economia é reduzida ao mínimo necessário para garantir o funcionamento do próprio mercado, nomeadamente através da regulação, da fiscalização e da correção de algumas falhas do mercado.

 

FUNCIONAMENTO DE UMA ECONOMIA DE MERCADO

 

As economias de mercado podem ser analisadas por dois sistemas:

 

  • Sistemas de concorrência pura (sem interferência do governo)
  • Sistemas de economia mista (com interferência governamental)

 

No sistema de concorrência pura ou perfeitamente competitivo, predomina o laissez- faire(expressão-símbolo do liberalismo econômico, na versão mais pura decapitalismo de que o mercado deve funcionar livremente, sem interferência) milhares de produtos e milhões de consumidores têm condições de resolver os problemas econômicos fundamentais (o que e quanto, como e para quem produzir), como que guiados por uma “mão invisível”. Isso sem a necessidade de intervenção do Estado na atividade econômica.

 

CONCEITO DE ECONOMIA CENTRALIZADA

 

A expressão economia centralizada (ou economia de direção central) designa um tipo de sistema econômico em que as principais decisões quanto, o que, como e para quem devem ser produzidos os bens são tomadas ao nível central pelo Estado. Opõe-se, portanto as designadas Economias de Mercado em que a intervenção do Estado na economia é reduzida ao mínimo possível para garantir o funcionamento do próprio mercado.

Numa economia centralizada    a propriedade dos fatores de produção é coletiva ou estatal e o mecanismo regulador da economia são os planos efetuados pelo próprio Estado, desenvolvidos com o objetivo de maximizar a satisfação de necessidades da população. Neste plano é definida toda orientação econômica nomeadamente, os preços, as quantidades de bens a produzir, os locais de produção etc., retirando toda liberdade de atuação aos agentes econômicos. Esta forma de atuar sobre a economia, obriga a um profundo conhecimento das necessidades dos indivíduos e dos fatores produtivos disponíveis, pois só assim é possível determinar o que, quanto, como e para quem produzir.

About these ads

Discussão

Ainda sem comentários.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: